A leitura é um hábito importante, que pode e deve ser estimulado desde a infância. Mas o que fazer se as crianças não gostam e argumentam que "ler é chato"? "Ter revistas e livros infantis em casa é um primeiro passo importante para que o contato inicial com a leitura seja algo prazeroso e divertido", destaca a Coordenadora Pedagógica do Ensino Fundamental Anos Iniciais, Viviane Nectoux.

 Viviane ressalta que outro ponto importante é o modelo de leitor que a criança tem em casa, já que o maior aprendizado se dá pelo exemplo. "Famílias que mantém o hábito da leitura e a tratam como parte integrante da sua rotina oferecem um modelo de proximidade, de familiarização e de importância da leitura para as crianças", destaca, lembrando que é importante que os adultos próximos tenham conversas afetuosas com a criança para falar sobre a importância de ler, dos prazeres deste hábito e como a prática da leitura, apesar de desafiadora, torna-se mais fácil à medida que descobrimos, nos textos, possibilidades e conexões com as temáticas com que nos identificamos.

No 7° episódio da Hora do Conto, a psicopedagoga Márcia do Canto traz o livro "Acho chato e ponto.", de sua autoria. A história fala das coisas que não se gosta e conta a incrível façanha de um menino que se descobriu leitor. Afinal, quem nunca passou a gostar de coisas que não gostava antes? Assista ao vídeo e boa diversão!